Search
  • Vinicius Correia

Nossa História


A AOPA - Associação para o Desenvolvimento da Agroecologia (inicialmente denominada Associação de Agricultura Orgânica do Paraná) é uma instituição da sociedade civil, sem fins lucrativos, composta por famílias agricultoras e consumidoras organizadas e por pessoas comprometidas com a agroecologia.

Temos nossa filial no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, onde funciona a estrutura técnico-administrativa e comercial. Foi reconhecida como de Utilidade Pública Estadual conforme lei estadual nº 14.729 de 06/06/2005.

Foi fundada em 10 de setembro de 1995, como resultado do crescimento do movimento da agricultura orgânica no Paraná, particularmente na Região Metropolitana de Curitiba. Com esta ampliação, fez-se necessária uma entidade que os representasse junto à sociedade, que coordenasse um trabalho voltado para a organização da produção dentro de parâmetros de sustentabilidade ambiental, social e econômica e desenvolvesse novos canais de comercialização.

Atua diretamente no acompanhamento técnico da produção agroecológica, do processamento e da comercialização no Vale do Ribeira, na Região Metropolitana de Curitiba e Campos Gerais do Paraná. Mais de 410 famílias agricultoras estão envolvidas neste trabalho, sendo 250 famílias de forma mais direta. Realiza também assessoria nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul na organização da produção, avaliação da conformidade orgânica (certificação participativa) e construção de novos canais e circuitos de comercialização através dos princípios da economia popular solidária. Abrange com estas ações cerca de 1200 famílias.

O trabalho está pautado no enfoque participativo, envolvendo os agricultores e as agricultoras nas decisões e condução das ações realizadas. O estímulo à organização em grupos, com autonomia na sua dinâmica de funcionamento, tem oportunizado um espaço concreto de autogestão e mobilização em torno de questões objetivas, como a produção e comercialização de alimentos agroecológicos e a adequação ambiental das unidades familiares rurais.

16 views0 comments